Quarta-feira, 5 de Setembro de 2007

Sr.ª ajuda cão baleado a sobreviver. Vamos ajudá-la a ela?

Esta senhora Helena Fraga encontrou um cão na rua com uma fractura exposta e ferimentos de bala.



Pegou no animal e levou-o para o Hospital da Charneca da Caparica. Lá logo à entrada do animal fizeram-na pagar 200 €. Entretanto disseram que o

tratamento ficaria no maximo em 800 €. Pediu-se ajuda para ajudarem a abater esta divida tão grande para uma mae sozinha com 2 filhos. Agora ela envia-me

este mail, que segue em anexo.



Ajudem esta senhora, ja temos um possivel dono para o cao. Transfira 1 €, assim já está a ajudar.



Barbara Silva



“Boa tarde

Para lhe transmitir que, ontem, recebi telefonema do hospital Veterinário Central da Charneca de Caparica para ir buscar o cão alvejado. A primeira

coisa que me foi exigida foi o pagamento da conta, na totalidade (antes de poder ver o animal e antes de a veterinária de serviço falar comigo). A

promessa, que me tinham feito, de pagamentos faseados foi completamente ignorada: perante as pessoas presentes na sala de espera, solicitaram-me o

pagamento integral (759.07 euros.)

Não só por isto, mas por outros motivos, apresentei a seguinte reclamação não serão exactamente as mesmas palavras):

_ trouxe para este hospital um cão que se encontrava abandonado na rua em grande sofrimento;

_ o hospital fez a previsão do que eu teria de pagar (limite máximo) de 800 euros;

_ posteriormente, o responsável financeiro comunicou-me que esse montante daria para o cão permanecer no hospital 15 dias e sair com ferimento (a

amputação) completamente cicatrizado;

_ o cão não permaneceu sequer 8 dias no hospital e deram-lhe alta.

Acrescento, agora, que o trouxe muito magro e abatido. A veterinária entregou-me receitas de medicamentos para eu comprar e lhe administrar.

Disse para voltar à consulta no dia 13 para lhe serem tirados os pontos.

Digo ainda que há um cão (um setter irlandês) na casa para onde o levei que não o aceita - foi muito difícil protegê-lo. O cão ferido pernoitou fechado

em casa, mas, durante o dia, foi para outra casa da rua.

Na minha reclamação escrevi ainda que o hospital cobrou caro pela minha compaixão e que os veterinários deviam de ter "coração".

Penso que se eu não me tivesse apresentado no hospital sozinha, talvez eles tivessem tido uma atitude mais coerente - mais decente.

Lena”
publicado por linkanimal às 14:01

link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De NicasS a 10 de Setembro de 2007 às 16:31
Se pudesse postar agradecia-lhe imenso, visto ainda haver la alguns cachorrinhos abandonados...
Apelo
O canil da Associação Amigos dos Animais de Vila Franca de Xira vai ser encerrado no final deste mês pela Direcção-geral de Veterinária (DGV), por se considerar que é um crime de saúde pública o que acontece aos animais que terminam os seus dias neste canil.
São várias as razões que levaram a este encerramento:
• o canil ser ilegal, apesar de a associação ser legítima e considerada de utilidade pública, tendo por isso benefícios estatais e apoios camarários, inclusive um terreno cedido pela autarquia para a construção de um novo canil que nunca chegou a ser feito;
• o espaço onde os animais estavam ser de terra batida, que com o Inverno vira um lodaçal, onde não existem condições de higiene para os animais e onde as pulgas, carraças e ratos proliferam, atacando os cães e levando-os à morte lenta;
• a alimentação ser inadequada, apesar das contribuições diárias de carne e outros alimentos vindos de vários hipermercados e que acabavam por ser distribuídos por várias pessoas, ficando para os animais apenas o sebo, os ossos, e o pão duro molhado em água, que era colocado em meia dúzia de recipientes, fazendo com que só alguns, os mais fortes que afastavam os restantes às mordidas, conseguissem comer;
• a inaptidão dos tratadores contratados para cuidar dos animais, que além de não saberem cozinhar e darem a comida esturrada aos animais, também não sabiam tratar os doentes e revelavam pouca afeição pelos animais de que cuidavam, tratando-os “abaixo de cão”;
• a falta de um veterinário que acompanhasse os animais permanentemente, assegurando a sua saúde e qualidade de vida, fazendo com que a falta de vacinação e desparasitação levasse a que a maior parte dos animais adoecesse e acabasse por morrer, assim como ao nascimento de mais e mais cachorros porque as cadelas não era esterilizadas nem separadas dos machos em época de cio;
• a falta de organização do canil, com a distribuição dos animais de acordo com as suas características e doenças (sendo todos misturados sem qualquer critério) e a falta de um posto de enfermagem e quarentena nas instalações, para se colocarem os novos e animais e tratarem os outros;
• a falta de responsabilidade da direcção da associação face aos animais que recebe, negligenciando-os e aproveitando-se deles para benefícios próprio (o terreno onde estava instalado o canil é pertença do pai da presidente da associação, ao qual são pagos 250 euros mensais de aluguer do mesmo terreno), não permitindo uma eleição livre de órgãos gerentes competentes porque não existe um registo dos sócios existentes e, a existir, a direcção recusa-se a facultá-lo para que os mesmos possam ser contactados e informados do que se passa para, todos em conjunto, se poder chegar a uma solução;
• o facto de os animais que morrem serem enterrados nas próprias instalações ou depositados nos contentores do lixo circundantes, para que no canil municipal não se tomasse conhecimento do que realmente se passava no canil da associação.

Estas foram algumas das razões que levaram a DGV a encerrar o espaço. Durante dois anos foram feitos todos os esforços junto da direcção para mudar o estado das coisas, mas nada aconteceu e agora o fim chegou.

Porque os animais não têm culpa de terem crescido e terem deixado de ser engraçados, de darem trabalho e despesa, de adoecerem, enfim, de os seus donos não se terem lembrado quando os arranjaram que eles são seres vivos e não bonecos de peluche, pedimos que nos ajudem a encontrar um lar para aqueles que podem ser salvos.

Quando a DGV for ao canil encerrar as instalações, todos os animais que não tiverem sido adoptados serão abatidos.

Por isso, por favor, se gosta de animais e tem condições para ficar com um, se tem um vizinho, amigo, colega, familiar ou conhecido que gostava de ter um cão, adopte um destes animais que precisa urgentemente de uma casa, ou deixará de viver a partir do próximo dia 20.

Neste momento, existem 90 animais em condições de serem adoptados, entre cães e cadelas (esterilizadas).

Por favor, ajude-nos a salvar estes animais, a dar-lhes um lar e uma vida mais feliz.

Contacte:
Adelaide: 918 401 301 ou 212 425 418
Vera: lua_negra2004@yahoo.com

Comentar post

.Link - Adoptado em 25 de Fevereiro de 2007

Adotado no Evelyn's Place.com

.pesquisar

 

.tags

. todas as tags

.Visitas desde 24 de Julho de 2006:

.posts recentes

. hey

. Situação catastrófica e u...

. fotos dos meninos que ama...

. Duquesa - precisa de inte...

. Por favor Vote!! Debate s...

. FW: Conheçam os que serão...

. Cão perdido - arraçado de...

. ...

. Gatinho para adopção proc...

. BALU - Cão jovem X labrad...

.arquivos

. Abril 2012

. Agosto 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Dezembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.mais sobre mim

.cursor


Cursors

Tell me when this blog is updated

what is this?

.subscrever feeds