Quarta-feira, 9 de Maio de 2007

Por Favor Continuem a Denunciar! Abate Eminente no Canil Municipal de Beja

Recebemos o apelo ao protesto contra o abate indiscriminado no Canil Municipal de Beja.

Estive relutante em colocar aqui estas imagens, porque sempre quis que este blog fosse positivo, construtivo e animador mesmo nas noticias mais tristes. Tenho tentado que este blog mostre a beleza e o amor que há em cada um dos animais.

Por isso hesitei... as imagens são duras de se ver e eu, que sou de lágrima fácil não consegui chorar… dói-me o peito e dói-me a alma, os olhos ameaçam… mas não choram… porque é horrível.

No fim decidi-me a colocar aqui as imagens, porque acredito que muitas pessoas não acreditam que isto aconteça efectivamente… acham que são vozes sensacionalistas dos “maluquinhos” dos direitos dos animais… mas não são. Por isso peço-vos, façam ouvir a vossa voz, em homenagem aos pobres animais inocentes que já foram abatidos e pelo direito à vida daqueles que ainda lá estão.

 

 

P.S. - A par das moradas indicadas, uma boa amiga dos animais propôs também o envio para o Gabinete do Sr. Primeiro-Ministro - pm@pm.gov.pt

 

 

Apelo:

Como sabem, e abaixo consta a Denúncia original, no dia 27 de Março de 2007 foram abatidos indiscriminadamente 16 cães que estavam no Canil Municipal de Beja.

Não contentes com o resultado, e porque a soberba e incompetência circulam livre e impunemente pela cidade de Beja, já soubemos (à boca pequena claro!) que planeiam a parte 2 do abate – não digo eutanásia porque esse é um acto de compaixão e misericórdia e aqui esses sentimentos não têm lugar.

Como podem ter reparado, o único email que surge no site da Câmara Municipal de Beja é generalista – e não chega a existir qualquer confirmação de recepção de emails (a desculpa sempre é que existe qualquer problema com o servidor).

Assim, venho solicitar-vos, caros amigos e companheiros de luta e ideais  a, mais uma vez, demonstrarem o vosso desagrado/raiva/tristeza/etc mas
através de carta para a seguinte morada:

a/c Presidente da Câmara Dr. Francisco Santos
Câmara Municipal- Praça de República
7800-427 Beja

ou

a/c Vereador Miguel Ramalho
Câmara Municipal- Praça de República
7800-427 Beja

Só assim é que poderemos ser levados a sério.

As pessoas com quem estamos a lidar não compreendem o por quê de tanto barulho, não se importam de estar a pagar (mesmo que uma remuneração parcial) a uma veterinária municipal incompente que parece ser intocável.

A conclusão a que chego é: os cães não votam. Mas nós votamos.

E uma vez que graças à luta de alguns podemos neste  momento viver um momento de liberdade de expressão e num estado de Direito, devemos e podemos reclamar/reivindicar pelos direitos dos que não o podem fazer.

Mais uma vez peço-vos encarecidamente, caros amigos e  companheiros, que exponham a vossa opinião/indignação de forma clara e educada, capacidades essas que até agora nunca nos foram demonstradas.

Em anexos envio as fotos da hecatombe de 27 de Março.
Divulguem.

Obrigado

*******************************************************

DENÚNCIA

No dia 27 de Março de 2007 foram abatidos indiscriminadamente 16 cães que estavam no Canil Municipal de Beja.
O que me leva a denunciar esta triste ocorrência é um conjunto de situações que descambou neste triste fim.

Os animais errantes do concelho de Beja são capturados e levados para o canil municipal que se divide num canil exterior com cerca de 3 por 7m e um edifício com
quatro levas que, por sua vez estão divididas em boxes de 80 por 80cm.
Durante meses, os animais capturados foram "empilhados" dentro do espaço exterior (provavelmente porque é mais fácil limpar um canil exterior dos que vários interiores).
Cadelas com cio misturadas com vários machos (inevitavelmente acabaram por parir ali mesmo - uma das cadelas foi morta pelos outros animais devido ao cheiro a sangue do parto recente); cachorros misturados com animais doentes.

Por várias vezes foi esta situação reportada pessoalmente no gabinete do Pelouro responsável. Foi feito envio de fotos por email mas a situação manteve-se.
Chegou ao ponto de o nº de animais dentro do canil exterior de 3 por 7m ascender a 30. Os animais nem tinham espaço para mexer-se.

O Cantinho dos Animais de Beja, cujo canil está alojado paredes-meia com o Canil Municipal (o terreno pertence à Autarquia) disponibilizou-se a, em conjunto com as duas associações estrangeiras (uma sueca e outra alemã) tirar fotos dos animais e a tentar encontrar donos para os mesmos, inclusivé em detrimento dos animais da Associação, tal não era a situação precária em que se encontravam. Isto passou-se entre 20 a 22 deste mês.

Tínhamos já agendado a data para tirar fotos e fazer análises ao sangue (sem qualquer custo a imputar à Câmara!) quando, na sequencia de contacto com o encarregado do Canil, o sr. informa que já não tínhamos autorização para tirar as fotos.
De imediato contactou-se pessoalmente o Pelouro e foi-nos confirmada a não-autorização mas que, em alternativa, um funcionário da Câmara iria fazê-lo. Embora a situação fosse caricata aceitou-se a decisão.
O referido funcionário tirou fotos a apenas 18 animais, sem dúvida os que teriam melhor aspecto. O fim dos outros ficou determinado a 27 de Março quando, sem pré-aviso algum, a Veterinária Municipal, fazendo-se acompanhar de um auxiliar, dirigiu-se às instalações para abater todos os seus ocupantes.

O funcionário da associação, que há muitos anos conhece o procedimento de tratamento e abate da Veterinária Municipal intercedeu junto da mesma para que não continuasse, ao que foi ameaçado com a pessoa do Vereador e a Polícia.
Talvez a forma como o nosso funcionário intercedeu na matança não fosse a melhor, mas é ele quem, dia após dia, testemunha as situações, tendo por várias vezes feito tratamento a alguns animais porque a Veterinária apenas se desloca ao Canil para abater cães vadios ou para vacinar os cães em tempo estipulado pela legislação.
Por várias vezes, vários amigos do Cantinho arcaram com as despesas de eutanásias devido à ausência/incompetência da Veterinária.

Ontem o método de abate que foi testemunhado foi o seguinte: a Veterinária e o auxiliar usaram luvas de aço (iguais às usadas nos talhos), colocaram açaimes nos focinhos dos cães e injectaram o produto directamente no coração provocando uma tortura atroz que nem sempre causava a morte (alguns animais ainda estavam vivos
enquanto os atiravam para a pilha de cadáveres).

Além das óbvias questões de ética que se levantam, cabe-nos divulgar este tipo de acontecimento para que não se repita no futuro.

Para tal, contamos com o V. apoio para mostrar à Câmara Municipal de Beja a força das associações, agrupamentos e particulares que lutam pelos Direitos dos Animais.

Por favor, enviem a V. mensagem de desagrado para
geral@cm-beja.pt.

Obrigada

ospreparativos.JPG

a1vitima.JPG

a2vitima.JPG

corredordamorte1.JPG

corredordamorte2.JPG

nhaescape.JPG

algunsaindaestaovivos.JPG

amontoadosdecadaveres.JPG

publicado por linkanimal às 23:08

link do post | comentar | ver comentários (9) | favorito
|
Terça-feira, 24 de Abril de 2007

Petição on-line a solicitar ao Papa que deixe de usar peles de animais

Assine a Petição on-line, dirigida ao Papa, para que este deixe de usar peles de animais:
para assinar a peticao, click neste link:
 
  
TEXTO DA PETIÇÃO -- TRADUZIDO:  
Querido ser humano Compassivo,  
 
Papa Benedict XVI  tem usado um chapéu aveludado vermelho feito com pele de arminho branco. Esse chapeu e' conhecido como " camauro ". O chapéu era comumente usado através de Papas no período medieval para manter a cabeça deles quente durante eventos ao ar livre nos meses de inverno. Em ocasiões especiais, como audiências oficiais com os cabeças de Estado, o Papa Benedict usa também uma capa vermelha enfeitada com pele branca.   
  
Talvez sua Santidade, o Papa, nao saiba que os animais sao esfolados vivos para a retirada da pele. Assinando esta petição, você estará perguntando a sua Santidade, o Papa, para não usar pele de verdade. Há falsa pele de raposa de qualidade excelente que pode ser usada para o equipamento oficial dele sem acarretar na crueldade que vai além da decência humana. Ou ele pode escolher em não usar nenhuma pele. 
 
Uma vez informado, a sua Santidade seguramente concordará que animais são as criaturas de Deus e merecem serem tratados com compaixão, o dogma mais sagrado dos ensinos de Cristo. Você também pode escrever a ele e pode lhe perguntar com suas próprias palavras pedindo que ele deixe de usar pele. Este seria um sinal para que as igrejas católicas ao redor do mundo possam refletir e preservar a santidade de todas as criaturas de Deus.   
  
Para saber mais sobre o sofrimento dos animais na retirada de pele, por favor  acesse o documentário abaixo pela LESTE Internacional e A Agência de Proteção Animal suíça. As imagens neste link podem ser muito fortes para alguns, então por favor esteja atento:  

RELATÓRIO:  
http://www.animal-protection.net/furtrade/report_fur_china.pdf 
 
ESCREVER UMA CARTA, E EMAIL:  
http://www.antifursociety.org/POPEvsFUR.html 
  
 
Obrigado,  
 
A SOCIEDADE  ANTI-PELES  
www.antifursociety.org  

=================================================
ATENCAO: 
MODELO CARTA E EMAILS DO VATICANO ESTARAO DISPONIVEIS
publicado por linkanimal às 20:46

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 16 de Abril de 2007

17-Maio, às 19h, frente à Praça Touros - Campo Pequeno, Lisboa: Protesto ANTI-TOURADAS

Marque já na sua agenda :: 17 de Maio, às 19h, frente à Praça de Touros do Campo Pequeno, em Lisboa :: Junte-se à ANIMAL e a 27 outras organizações vindas de todo o mundo na Grande Manifestação Internacional Contra as Touradas em Portugal e no Mundo :: Por um Mundo Livre de Touradas

A ANIMAL, em colaboração com a League Against Cruel Sports e com o Comité Anti-Touradas da Holanda e Bélgica, está a organizar a maior e mais internacional manifestação anti-touradas de sempre em Portugal, à qual se juntarão dezenas de organizações anti-touradas vindas da Venezuela, Equador, México, Espanha, França, Bélgica, Inglaterra, Irlanda e Holanda :: Assegure a sua presença nesta muito especial noite contra as touradas em Portugal e onde quer que existam :: Se vier de longe e se precisar de transporte gratuito fornecido pela ANIMAL, por favor inscreva-se já

 

A ANIMAL, com o imprescindível apoio de Tyto Alba e em colaboração com a League Against Cruel Sports e com o Comité Anti-Touradas da Holanda e Bélgica (Comité Anti Stierenvechten), vai promover no próximo dia 17 de Maio, 5.ª feira, com início às 19h, a manifestação anti-touradas mais internacional de sempre, com a vinda a Portugal de 27 outras organizações anti-touradas, vindas de 9 países. Da Venezuela, do Equador, do México, da vizinha Espanha, de França, da Bélgica, de Inglaterra, da Irlanda e da Holanda, várias organizações de defesa dos animais activas contra as touradas virão dar o seu apoio e a sua voz à luta contra as touradas em Portugal que a ANIMAL desenvolve, aproveitando esta iniciativa para afirmar uma voz internacional por um mundo livre de touradas.

 

A ANIMAL, com o generoso apoio de Tyto Alba, está a organizar a viagem gratuita, através de autocarros fretados, de todas as pessoas que queiram participar nesta manifestação *e que precisem de transporte no caso de virem de longe de Lisboa*. Os autocarros da ANIMAL seguirão os seguintes percursos (com as seguintes paragens para entrada de passageiros): Braga-Porto-Coimbra-Lisboa; Viana do Castelo-Aveiro-Leiria-Lisboa; Portimão-Faro-Lisboa. NOTA: apesar da viagem ser completamente gratuita, a inscrição é obrigatória e deve ser feita o mais urgentemente possível, para garantir que todas as pessoas terão transporte – por favor, inscreva-se já, enviando um e-mail com o seu nome, contacto telefónico e de e-mail e local do país de onde vem, para rita.silva@animal.org.pt).

 

A participação na manifestação sem recurso a transporte garantido pela ANIMAL é, obviamente, completamente livre de inscrição – basta aparecer e juntar-se a nós.

 

Nota muito importante: Esta grande manifestação é exclusivamente organizada pela ANIMAL, com o apoio de Tyto Alba e em colaboração com a League Against Cruel Sports e o Comité Anti-Touradas da Holanda e Bélgica. Importa salientar, com base em algumas negativas experiências passadas, que não serão admitidas nesta iniciativa quaisquer manifestações de violência física e/ou verbal, sendo esta uma manifestação inteiramente legal e não-violenta, cujo propósito é, exclusivamente, o de advogar o fim das touradas em Portugal e no mundo e o de dar voz aos touros e cavalos vítimas da horrenda brutalidade das touradas – que precisam que todos nós falemos em seu nome e ergamos as nossas vozes e as nossas forças em sua defesa de modo racional e sério, mostrando, através das nossas acções, a seriedade dos princípios morais que defendemos e com base nos quais as touradas devem ser para sempre abolidas na Terra.

 

Para mais informações sobre esta grande manifestação, por favor contacte-nos através de campanhas@animal.org.pt.

 

 

Animal.org.pt :: Por um Mundo Livre de Touradas

 

Por favor, não guarde esta mensagem apenas para si: Reencaminhe-a para as pessoas que conhece que também se preocupam com os direitos dos animais

 

Acredita que o trabalho da ANIMAL é importante? Então, por favor, APOIE-O :: Faça o seu Donativo HOJE mesmo.

A ANIMAL é uma organização não-governamental que desenvolve campanhas de educação e informação do público acerca dos animais, das suas características e necessidades, e do modo como estes são negativamente afectados pelas diversas indústrias que os exploram. Além destas acções de educação, a ANIMAL desenvolve também campanhas de alerta e protesto, investigações especiais e denúncias públicas, envolvimento da comunicação social na exposição pública da crueldade contra animais, acções judiciais, e contacto com autoridades e decisores políticos, para promover o avanço do respeito pelos direitos dos animais e a sua protecção.


Por favor, faça HOJE um donativo à ANIMAL e apoie o trabalho desta em defesa dos direitos dos animais. NIB: 003600939910003447469 (Montepio Geral).

Com apenas 1 Euro por Semana = 4 Euros por Mês, pode ajudar a ANIMAL a salvar animais e defender os seus direitos em Portugal. Faça o SEU donativo HOJE MESMO.


Torne-se sócia/o da ANIMAL e apoie a organização na defesa dos direitos dos animais. Inscreva-se através de socios@animal.org.pt.


Junte-se à Lista de Activismo da ANIMAL. Inscreva-se enviando um e-mail em branco para activismo_animal-subscribe@yahoogroups.com.

Junte-se ao Grupo de Redacção de Cartas da ANIMAL. Inscreva-se enviando um e-mail em branco para cartas_animal-subscribe@yahoogroups.com.


Para mais informações, por favor contacte a ANIMAL através do e-mail info@animal.org.pt ou visite o site www.animal.org.pt.

Se não quiser continuar a receber as Notícias da ANIMAL, por favor envie um e-mail com a inscrição "Sair" para noticias@animal.org.pt.

publicado por linkanimal às 22:23

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 11 de Abril de 2007

Nova temporada de matança de focas - Protesto Mundial - FALTAM 274.279 ASSINATURAS (E-MAILS)

Por favor, percam um pouquinho de tempo e enviem um email às autoridades canadianas para pararem com a matança de focas bébés.

Entrem directo pelo endereço, abaixo e cliquem em "Take action": http://www.stopthesealhunt.ca/site/c.jhKSIZPzEmE/b.2607991/k.B25F/Stop_the_Seal_Hunt__300000_Actions_for_300000_Seals.htm. Não demora mais que 2 minutos!

 

Começou hoje no golfo de San Lawrence, no Canadá, a matança anual de filhotes de focas para a indústria de peles.

 

Este ano foi autorizado o abate a pauladas de quase 300 mil foquinhas.

 

Os mamíferos terrestres e aquáticos sentem dor exactamente como nós. Eles precisam de cada um de nós para defendê-los. Se tiver coragem, veja o vídeo: http://www.bbc.co.uk/portuguese/video/060327_video_focascaca_pop.shtml

 

Vamos ajudar!

entre no site da IFAW:

http://www.ifaw.org/ifaw/general/default.aspx?oid=129348

 

e/ou no site da HSUS:

https://community.hsus.org/campaign/global_trademinister_protectseals/w36bs5s9lwekdjk

www.ProtectSeals.org

 

Se quiserem perder mais um bocadinho do vosso tempo, escrevam mesmo uma carta por palavras vossas e enviem-na via ctt às autoridades do Canadá. Até mesmo aqui para o Consulado em Portugal.

 

Faxes e telefonemas serão bem vindos também.

 

Obrigada em nome das focas.

publicado por linkanimal às 11:24

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 9 de Abril de 2007

Denúncia - Chacina no Canil Municipal de Beja. Participem todos neste protesto

Amigos dos animais, recebemos a denúncia que transcrevemos abaixo. Participem nesta onda de protestos contra a chacina que foi feita no Canil Municipal de Beja e vamos fazer ouvir-se os lamentos daqueles que, infelizmente, não puderam defender-se.

No dia 27 de Março de 2007 foram abatidos indiscriminadamente 16 cães que estavam no Canil Municipal de Beja.

O que me leva a denunciar esta triste ocorrência é um conjunto de situações que descambou neste triste fim.

Os animais errantes do concelho de Beja são capturados e levados para o canil municipal que se divide num canil exterior com cerca de 3 por 7m e um edifício com quatro levas que, por sua vez estão divididas em boxes de 80 por 80cm.

Durante meses, os animais capturados foram "empilhados" dentro do espaço exterior (provavelmente porque é mais fácil limpar um canil exterior dos que vários interiores).

Cadelas com cio misturadas com vários machos (inevitavelmente acabaram por parir ali mesmo - uma das cadelas foi morta pelos outros animais devido ao cheiro a sangue do parto recente); cachorros misturados com animais doentes.

Por várias vezes foi esta situação reportada pessoalmente no gabinete do Pelouro responsável.
Foi feito envio de fotos por email mas a situação manteve-se.

Chegou ao ponto de o nº de animais dentro do canil exterior de 3 por 7m ascender a 30.
O animais nem tinha espaço para mexer-se.

O Cantinho dos Animais de Beja, cujo canil está alojado paredes-meia com o Canil Municipal (o terreno pertence à Autarquia) disponibilizou-se a, em conjunto com as duas associações estrangeiras (uma sueca e outra alemã) tirar fotos dos animais e a tentara encontrar donos para os mesmos, inclusivé em detrimento dos animais da Associação, tal não era a situação precária em que se encontravam.

Isto passou-se entre 20 a 22 deste mês.

Tínhamos já agendado a data para tirar fotos e fazer análises ao sangue (sem qualquer custo a imputar à Câmara!) quando, na sequencia de contacto com o encarregado do Canil, o sr. informa que já não tínhamos autorização para tirar as fotos.

De imediato contactou-se pessoalmente o Pelouro e foi-nos confirmada a não-autorização mas que, em alternativa, um funcionário da Câmara iria fazê-lo.
Embora a situação fosse caricata aceitou-se a decisão.

O referido funcionário tirou fotos a apenas 18 animais, sem dúvida os que teriam melhor aspecto.
O fim dos outros ficou determinado a 27 de Março quando, sem pré-aviso algum, a Veterinária Municipal, fazendo-se acompanhar de um auxiliar, dirigiu-se às instalações para abater todos os seus ocupantes.

O funcionário da associação, que há muitos anos conhece o procedimento de tratamento e abate da Veterinária Municipal intercedeu junto da mesma para que não continuasse, ao que foi ameaçado com a pessoa do Vereador e a Polícia.

Talvez a forma como o nosso funcionário intercedeu na matança não fosse a melhor, mas é ele quem, dia após dia, testemunha as situações, tendo por várias vezes feito tratamento a alguns animais porque a Veterinária apenas se desloca ao Canil para abater cães vadios ou para vacinar os cães em tempo estipulado pela legislação.

Por várias vezes, vários amigos do Cantinho arcaram com as despesas de eutanásias devido à ausência/incompetência da Veterinária.

Ontem o método de abate que foi testemunhado foi o seguinte:
a Veterinária e o auxiliar usaram luvas de aço (iguais às usadas nos talhos), colocaram açaimes nos focinhos dos cães e injectaram o produto directamente no coração provocando uma tortura atroz que nem sempre causava a morte (alguns animais ainda estavam vivos enquanto os atiravam para a pilha de cadáveres).

Além das óbvias questões de ética que se levantam, cabe-nos divulgar este tipo de acontecimento para que não se repita no futuro.

Para tal, contamos com o V. apoio para mostrar à Câmara Municipal de Beja a força das associações, agrupamentos e particulares que lutam pelos Direitos dos Animais.

Por favor, enviem a V. mensagem de desagrado para
geral@cm-beja.pt.

publicado por linkanimal às 19:09

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 25 de Março de 2007

17/05, 19h, frente à Praça de Touros do Campo Pequeno, Lisboa: Campanha Anti-Touradas

17 de Maio, às 19h, frente à Praça de Touros do Campo Pequeno, em Lisboa: Junte-se à ANIMAL e a dezenas de organizações anti-touradas vindas de todo o mundo a convite da ANIMAL para uma grande e inédita manifestação internacional anti-touradas na capital de Portugal

A convite da ANIMAL, e em colaboração com a League Against Cruel Sports e o Comité Anti-Touradas da Holanda, dezenas de organizações anti-touradas vindas da Venezuela, Equador, Colômbia, México, Espanha, França, Bélgica, Inglaterra, Irlanda e Holanda juntar-se-ão em Lisboa, a 17 de Maio, na manifestação anti-touradas mais internacional de sempre :: Não falte a esta manifestação única em defesa dos touros e cavalos e em oposição às touradas em Portugal e onde quer que existam

 

Numa iniciativa única da ANIMAL com o imprescindível apoio de Tyto Alba, promovida em colaboração com a League Against Cruel Sports e o Comité Anti-Touradas da Holanda e Bélgica (Comité Anti Stierenvechten), no próximo dia 17 de Maio, 5.ª feira, com início às 19h, Lisboa será palco da manifestação anti-touradas mais internacional de sempre, com a vinda a Portugal de dezenas de organizações e campanhistas anti-touradas de 10 países e 3 continentes. Da Venezuela, do Equador, da Colômbia, do México, da vizinha Espanha, de França, da Bélgica, de Inglaterra, da Irlanda e da Holanda, várias organizações de defesa dos animais activas contra as touradas virão dar o seu apoio e a sua voz à luta contra as touradas em Portugal que a ANIMAL desenvolve.

 

A ANIMAL, com o generoso apoio de Tyto Alba, organizará a viagem gratuita, através de autocarros fretados, de todas as pessoas que queiram participar nesta manifestação. Os autocarros da ANIMAL seguirão os seguintes percursos (com as seguintes paragens para entrada de passageiros): Braga-Porto-Coimbra-Lisboa; Viana do Castelo-Aveiro-Leiria-Lisboa; Portimão-Faro-Lisboa. Os percursos poderão ser tornados mais abrangentes consoante as inscrições que recebermos (nota: apesar da viagem ser completamente gratuita, a inscrição é obrigatória – para se inscrever, por favor envie, até 1 de Maio, um e-mail com o seu nome e contacto para campanhas@animal.org.pt).

 

Nota muito importante: Esta grande manifestação é exclusivamente organizada pela ANIMAL, com o apoio de Tyto Alba e em colaboração com a League Against Cruel Sports e o Comité Anti-Touradas da Holanda e Bélgica. Importa salientar, com base em algumas negativas experiências passadas, que não serão admitidas nesta iniciativa quaisquer manifestações de violência física e/ou verbal, sendo uma manifestação inteiramente legal e não-violenta, cujo propósito é, exclusivamente, o de advogar o fim das touradas em Portugal e no mundo e o de dar voz aos touros e cavalos vítimas da horrenda brutalidade das touradas – que precisam que todos nós falemos em seu nome e ergamos as nossas vozes e as nossas forças em sua defesa de modo racional e sério, mostrando, através das nossas acções, a seriedade dos princípios morais que defendemos e com base nos quais as touradas devem ser para sempre abolidas na Terra.

 

Para mais informações sobre esta grande manifestação, por favor contacte-nos através de campanhas@animal.org.pt.

 Animal.org.pt :: Salve os Touros das Touradas

publicado por linkanimal às 18:36

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 24 de Março de 2007

Cães desaparecem misteriosamente em Vila Pouca Aguiar. Pressão sobre a Câmara Municipal precisa-se

Recebemos o seguinte apelo:

SOS

 
Em Vila Pouca de Aguiar (Distrito de Vila Real) desapareceram misteriosamente vários cães de rua.
Os animais tinham sido abandonados, mas um  grupo de pessoas decidiu ajudá-los e promover a sua adopção.
 
Juntaram esforços e dinheiro, castraram três cadelas que estavam grávidas, alimentaram e desparasitaram todos os animais. Após terem arranjado donos responsáveis para essas três cadelas, eis que todos os animais desaparecem misteriosamente.

Este é uma acontecimento recorrente na localidade de Vila Pouca. Durante uma média de 8 a 10 semanas
aparecem nas ruas dezenas de cães de pequeno, médio e grande porte, fêmeas (grávidas ou não)
e machos, bebés recém nascidos e velhotes, saudáveis e doentes. Erram na via pública à mercê
da caridade ou tirania das pessoas... e depois aparecem mortos por envenenamento ou simplesmente
desaparecem. A Câmara Municipal não faz (oficialmente) recolha de animais, não dispõe de canil
municipal, embora o tenha prometido há mais de seis anos.

Peço a todos que escrevam e telefonem para o município a pedir ajuda para recuperar estes animais,
que já tinham dono e que façam alguma coisa para tornar as vidas e mortes destes animais mais dignas.

Peçam à Câmara para construir um abrigo temporário para estes casos, uma vez que a actual administração
local não se tem mostrado sensível ao problema dos animais abandonados.
Por favor ajudem.

Contribuam com os vossos protestos e apelos por todas as vias (email, fax, telefone, cartas)
Só a pressão dos populares pode mudar as coisas porque a associação de defesa dos animais local
não tem conseguido nada, uma vez que a câmara não demonstra vontade política para construir um abrigo.


Contactos da Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar:


Morada: Rua Henrique Botelho 5450-027 Vila Pouca de Aguiar
Telefone 259 419 100
Fax 259 419 106
 
Secção de Ambiente:
Responsável: Engº João Paulo Machado
Veterinário Municipal: Dr. Pedro Barros (para o encontrar contactar Direcção Regional de Agricultura)
Fax: 259 417 456
 
E-mail:geral@cm-vpaguiar.pt
publicado por linkanimal às 18:03

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 11 de Março de 2007

Petição para apoiar a Declaração Escrita para acabar com as touradas e respectivos subsídios na Uniã

Os criadores de touros de lide recebem subsídios da União Europeia através da chamada Política Agrícola Comum. Se não concordam com este abuso de fundos europeus nem com a realização de touradas, subscrevam a petição abaixo para apoiar a Declaração Escrita n.º 0002/2007, redigida e proposta pelos Euro-Deputados Robert Evans, Mojca Drcar Murko, Gitte Seeberg e Carl Schlyter.

 http://www.oipa.org/public/bullfight/petition.php

 

publicado por linkanimal às 19:57

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

.Link - Adoptado em 25 de Fevereiro de 2007

Adotado no Evelyn's Place.com

.pesquisar

 

.tags

. todas as tags

.Visitas desde 24 de Julho de 2006:

.posts recentes

. Por Favor Continuem a Den...

. Petição on-line a solicit...

. 17-Maio, às 19h, frente à...

. Nova temporada de matança...

. Denúncia - Chacina no Can...

. 17/05, 19h, frente à Praç...

. Cães desaparecem misterio...

. Petição para apoiar a Dec...

.arquivos

. Abril 2012

. Agosto 2009

. Abril 2009

. Fevereiro 2009

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Dezembro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

.mais sobre mim

.cursor


Cursors

Tell me when this blog is updated

what is this?

.subscrever feeds